Papa a bispos do Secam: continuem sendo missionários do Evangelho

“O Papa Francisco teve a alegria de inteirar-se das celebrações que marcaram o 50º aniversário de instituição do Simpósio das Conferências Episcopais da África e Madagascar (SECAM), e vos pede, gentilmente, que levem sua saudação reconhecedora a todos os participantes do evento, unindo-se a vós ao render graças ao Deus todo-poderoso pelas muitas graças recebidas pelo Secam, e pela comunhão fraterna que caracterizou seu trabalho nestes últimos 50 anos.”

É o que se lê na mensagem do Santo Padre assinada pelo secretário de Estado vaticano, cardeal Pietro Parolin, no cinquentenário do organismo da Igreja católica que reúne os bispos da África e Madagascar.


Discípulos missionários

“Sua Santidade reza a fim de que seus membros possam ser reforçados em sua obra de discípulos missionários pelo grande trabalho de evangelização, que consiste no esforço para fazer com que o Evangelho permeie todo aspecto da nossa vida, de modo que nós, por nossa vez, possamos levá-lo aos outros”, lê-se ainda.

 

Serviço precioso para as Igrejas locais

Desse modo – afirma –, “o Secam continuará sendo um serviço precioso para as Igrejas locais para levar ajuda a todo o continente africano. E pela intercessão de Maria, Mãe da Igreja, o Santo Padre concede àqueles que participam das celebrações, a Bênção apostólica como uma promessa de paz e alegria no Senhor”, conclui a mensagem.

 
Indique a um amigo